O QUE ROLOU NA LAROC NO CARNAVAL

O QUE ROLOU NA LAROC NO CARNAVAL

Compartilhar

Na segunda-feira de Carnaval (27), a Laroc representou com diversas performances especiais. A Backstages conferiu de perto e conta como foi a festa.

Se você busca uma balada com música boa, pessoas bonitas e uma estrutura no melhor estilo a la Ibiza, a Laroc é exatamente a reunião de tudo isso. Com um espaço amplo, o sunset club conta também com uma área VIP bastante extensa (ótimo para os que curtem espaço) e também uma praça de alimentação para todos os gostos.
Dificilmente você pegará uma fila para pegar uma bebida, pois existem diversos postos de venda.

ATRAÇÕES INTERNACIONAIS: 
O francês Kungs animou a galera e de quebra, ainda tocou a música “Oração” da dupla de brasileiros Jetlag.

laroc 2
Créditos: Vivian Lee

A dupla de suecos Galantis, chegou com um som mais pesado e os amantes do cenário eletrônico comemoraram com a entrada deles. As músicas como “Runway (U & I)”, “Peanut Butter Jelly”, “Shape of you (Ed Sheeran remix)” e muitas outras, foram cantadas em coro pelo público.

laroc 3

As principais atrações da festa deram um brilho na noite tocando os principais hits do momentos.

laroc 4
Créditos: Vivian Lee

ATRAÇÕES NACIONAIS: 
Mesmo com os destaques internacionais, é impossível não mencionar duas performances que mantiveram o nível da noite e agitaram muito o público. A dupla residente da casa, The Juns,  se apresentaram logo depois de Kungs e detonaram a pista com um som que levantou a galera.
Outra performance memorável foi da DJ Samhara. Com uma responsa de se apresentar logo após Galantis, não perdeu o pique da galera e animou do começo ao fim.

Resumo da noite, festa perfeita de carnaval para quem quis curtir eletrônico com bom estilo e um som de qualidade. Confira a cobertura completa aqui.

Sobre a Laroc Club: O sunset club ocupa uma área de aproximadamente 50 mil metros quadrados, sendo seis mil metros quadrados de área construída, em meio a uma exuberante paisagem e com uma infraestrutura de primeiro mundo. Trata-se do primeiro sunset club do Brasil, uma casa destinada a musica eletrônica, construída nas margens da Rodovia D. Pedro I, na cidade de Valinhos, a apenas dez minutos de Campinas e pouco menos de uma hora da capital paulista.

Seu apelo sensorial e emocional gerado pelo ambiente da Laroc proporciona um maior apreço por todos elementos presentes nos eventos, como os enormes painéis de LED, sound system de primeiro mundo, pirotecnia, performances, chuva de papel picado e outros artifícios, que fazem dos shows verdadeiros espetáculos, remetendo o público a grandes festivais de música eletrônica.

Antes mesmo de coqmpletar um ano de inauguração, a Laroc já participou da votação dos 100 melhores Clubs do mundo pela conceituada revista DJ MAG. Em 2016, o sunset clubficou em quarto lugar na votação dos melhores clubs do Brasil

Deixe uma resposta